sexta-feira, 1 de setembro de 2017

ESTÁ A CHEGAR O PRIMEIRO DIA…






Truz, truz… Está a bater à porta o novo ano letivo e com ele espreitam as dúvidas sobre o polémico tema da ADAPTAÇÃO!

·    Será que o meu filho vai ficar bem?

·    Será que lhe vão dar a devida atenção?

·    Será que o vão mimar?

·    Será que fiz a escolha certa?

·    Será…? Será…?

Estas são algumas das dúvidas, que a experiência nos traz que inquietam os pais, principalmente nos primeiros dias. Todas elas , são compreensíveis, pois vão  confiar-nos o seu bem mais precioso: os filhos!

E cá estamos nós,  de braços abertos para responder a todas estas questões  e fazer valer este grande voto de confiança que nos dão! Ainda assim,  não se esqueçam:  o processo de adaptação exige um super trabalho de equipa entre o colégio e os pais!

Vamos a isto? Que estratégias podem ajudar?



1.    Atitude dos pais: começar com tempo e ser POSITIVO:

Já passaram por cá? Apresentaram o espaço aos vossos filhos? Conheceram a educadora? Visitaram a sala e por ela divagaram um pouco? Procurem falar com entusiasmo da nova escola que os espera!

Saber para onde vão e experimentar um ambiente positivo e de alegria à sua volta torna as crianças mais seguras. Dedicamos os dias 7 e 8 de Setembro para que haja espaço para estes primeiros contactos/relações.



2.     Rotinas e Boas noites de Sono para a criança

Procurem determinar rotinas para a manhã e tentem cumpri-las todos os dias.

Rotinas e rituais dão estabilidade à criança para enfrentar novos desafios.

Lembrem-se que uma boa noite de sono e um sereno despertar permitem que a criança chegue mais bem disposta ao colégio.



3.    Eis que chega o grande dia

Chegou o grande dia,   certos de que tudo vai correr bem, mão na mão e, se possível, pelo próprio pé, vamos começar esta caminhada tão especial.

Procurem comunicar  com as educadoras do seu filho/a : definam juntos as estratégias, pistas e ideias que vão melhorar a adaptação ao novo contexto.



4.    E de manhã, na hora da despedida?

Ficar uns minutos para ambientar, criar um ritual de despedida (beijinho, turrinha, “dá cá mais cinco”), dizer adeus, sorrir e sair com confiança, afirmando que vão, mas voltam para o vir buscar mais logo. Esperar em demasia, negociar a saída ou hesitar aumenta a instabilidade emocional que caracteriza estes momentos ( quer para os adultos, quer para as crianças). E desaparecer à socapa, como se estivesse a fugir? Se isso tiver mesmo que acontecer, nunca se ausente da sala sem “piscar o olho”  à educadora e ela lhe retribuir com um sinal a confirmar que pode ir.





5.    Sim, mas se a criança ficar a chorar? Confiem em nós!



Estamos aqui para pegar nas crianças, aconchegá-las, mostrar os amigos que já estão a brincar. Em breve  vão  distrair-se e a pouco e pouco, entrar nas rotinas.

Chorar é uma das reações normativas  à separação ( e mesmo quando não choram no início podem vir a fazê-lo mais tarde).  Cada criança tem o seu ritmo.

Dentro de portas, dentro de sala, tudo está preparado para que a criança estabeleça relação com os adultos, com as crianças  e com todo o meio envolvente.

Para se sentir pertencente a este novo mundo, a criança precisa de tempo e espaço para o conquistar.

Confiem em nós, porque o nosso (primeiro!) objetivo comum é  fazê-las crescer FELIZES. 



Psicomimos, Serviço de Psicologia do Colégio Eurythmia

(No primeiro dia e em todos os dias do próximo ano apoiar as nossas crianças/famílias)

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Festa Anual - A Natureza está em mim: I am you and I am me



I am the sky at night
I am the star and the moon

I am the sun that shines

I am the ocean blue

I am the rain and the wind

I am the river too

I am the tree up high

I am the Dragonfly

I am the seed I sow

I am the root below
I am the caterpillar
On my way to a butterfly

I am the ladybird

I am the bumblebees 

I am the buds and the flowers


  On the most beautiful tree
I am a daddy and a mummy
I am the baby to be 

I am the light of my soul 
I am you and me
We are the children growing
Nature is everything we see!


No passado dia 30 de Junho as nossas crianças deram vida no "palco" do Jardim do Eurythmia à festinha anual que tanto nos caracteriza.

Com quantas cores o vento tem , pintando as quatro estações do ano, os alunos protagonizaram e cantaram os melhores elementos que a Natureza encontra nesta volta anual que dá pelo sol.


Uma tarde cheia de música e  de crianças felizes, algumas delas,  transformadas em formigas,  tecendo a teia que dá sentido à vida.

Parabéns Queridos Meninos pela força da Natureza que têm em vocês :)








                  











terça-feira, 2 de maio de 2017

Maio: O mês da Mãe com um calendário de Mimos


1


Queridas Mães,

Chegou o mês de Maio e com ele um calendário cheio de mimos e afetos a serem partilhados entre mãe e filho/os.
Uma sugestão do PSICOMIMOS (serviço de psicologia do Colégio Eurythmia) que esperemos que vos preencha os dias e o coração .
Desafiamos as mães a partilharem alguns destes mimos realizados connosco ;)
Um feliz mês da mãe a todas!



quinta-feira, 13 de abril de 2017

 
 A Primavera chegou ao Eurythmia :)
 
O tempo não engana: o sol nasce mais cedo e deita-se mais tarde: ao nosso Jardim  já chegou a Primavera!
 
E para celebrar a sua chegada , nós , as crianças do Colégio Eurythmia cantamos e pintamos alegremente esta estação tão bonita em flores!
Já reparam no painel que cresce em cores vivas no corredor azul que dá para o jardim?Todas as salas deram o seu contributo para  que o Colégio ficasse mais completo: Butterflies, Ladybirds, DragonfliesBumblebees. Trabalhamos em  conjunto com recurso a várias técnicas: pintura, carimbagem, colagem, pasta de papel, tintas e diferentes materiais!
 
Juntos "plantamos" dentro de portas um bocadinho de Primavera :)
 
E com esta estação chegam novos animais... Repararam neles? Reconhecem algum? Pois é, os pais dos meninos da sala das Dragonflies tiveram uma missão especial para fazer em casa : em família construíram animais, e sabem com que materiais? Com materiais de desperdício! Vejam o resultado:  muita CRIATIVIDADE, imaginação e vivacidade!
 Parabéns pelo empenho e por estas  belas obras de arte que preenchem o nosso painel com  alegria.
A Primavera chegou assim ao Eurythmia :)
 
 
 
 

quarta-feira, 22 de março de 2017

Dia do Pai

O Dia do Pai foi vivido com imensa alegria no nosso colégio.
A semana passada foi dedicada a preparar actividades especiais para os pais para que os pudessemos receber com muito carinho, partilhando algumas das vivências dos seus filhos no colégio.

A sala dos mais novos ( Caterpillers, Butterflies e Ladybirds) contaram com a presença do Pai na 4ªf dia 15 , uma tarde de sol, onde se plantaram girassois , mexeu-se na Terra, regou-se a nossa horta!
Junto ao Pai, viveu-se o nosso tema anual: a Natureza , neste dia em força e beleza!

No dia 17 de Março , depois dos mais velhos terem preparado com tanta dedicação o dia do Pai, foi a vez de dar uso às substâncias que tinham procurado com os pais, para que pudessemos cozinhar uns queques deliciosos que fizeram um sucesso no lanche delicioso!

A sala das Bumblebees gravou ainda uma canção na aula de música com uma letra muito especial (como podem ouvir na banda sonora do vídeo caseirinho que partilhamos).

Cientistas por um dia, as salas das Dragonflies e das Bumblees percorreram no nosso jardim os postos dos 5 sentidos: ouvir, tocar, cheirar, ver e provar!
Não faltaram emoções e sensações e assim se viveu o  Dia do Pai cheio de bonitas recordações! :)

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

NATUREZA... afinal onde estás tu?



O nosso tema inspirador de trabalho pedagógico deste ano passa por vivermos a Natureza.
A Natureza: um tema intemporal, um tema que não tem fim para ser usado infinitas vezes, aliás um ano inteiro convida-nos a experimentar a natureza ao longo de todo o ano. Precisamente porque a Natureza não tem períodos mais ou menos espectaculares.
Porque a Natureza nos chama todas as semanas, aliás  se reparamos bem ,em cada mês, ao longo das 4 estações do ano, no decorrer dos 356 dias que a Terra demora a dar uma volta completa ao Sol.
 Porque mesmo que queiramos pensar o contrário, continuamos dependentes do planeta e dos seus recursos. E, neste momento, a Natureza também depende de nós: tornamos-nos tão poderosos que somos capazes de destruir um planeta inteiro. Apesar de tudo, acreditamos que o Homem tem juízo - este facto até já foi provado pela ciência- portanto, cá estamos nós , convictos de que quanto mais soubermos e educarmos as nossas crianças, melhor conseguiremos apreciar e conservar as belezas e riquezas do mundo natural.
Para além disso, sabemos como nos faz bem o contacto com a Natureza: ir lá para fora é relaxante e divertido, tornado-nos mais desembaraçados e criativos, mais atentos e confiantes.
Natureza, mas afinal onde estás tu?
Mesmo que a nossa casa fique no meio de uma grande cidade o, no meio de grandes avenidas cheias de carro, há sempre Natureza lá fora. Há sempre céu e estrelas, nuvens e chuva, , árvores e flores, e animais, muitos animais. 
E nós, onde estamos nós? Às vezes refugiados nas nossas tocas, nem sempre nos apercebemos do que está acontecer ( apesar de também estarmos a mudar , claro). Os dias de chuva incomodam-nos, o frio estraga-nos os planos, os dias curtos não chegam para tudo o que queremos viver. Acontece com frequência só os lembramos da natureza e só sentirmos necessidade  de nos aproximarmos dela – quando as temperaturas sobem e celebramos a chegada da primavera.

 Mas agora, mesmo agora que está Inverno no nosso colégio, chamamos todos para que possam viver a Natureza desta estação.

Na parede das escadas que vão dar à sala das Bumblebees nasce uma pintura fresca , pintada pelas mãos dos nossos pequenos grandes artistas , retratam a história : "Um bocadinho de Inverno" - de Paul Stewart e Chris Riddell; Já a Sala das Dragonflies lançou o desafio aos pais de construírem com os filhos animais com base em materiais de desperdício (e estão aparecer verdadeiras obras de arte (como podem ver na fotografia acima!!!).
Os mais pequeninos desenham bolas de neve , descobrem as roupas quentes, apreciam a chuva que cai lá fora.
Precisamente lá fora, o que podemos aprender não tem limites, lá fora não nos faltam motivos que faça crescer  entusiasmo pelo nosso tema.
Lá fora, há um mundo enorme à nossa espera, estamos prontos para novas aventuras :)


(fonte: Lá fora: Guia para descobrir a Natureza, planeta Tangerina, Dias, Maria Ana; Rosário, Inês; Carvalho, Bernardo)


sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

O Natal no Eurythmia

Dezembro é um mês especial, é o mês do nosso querido Natal.

E com ele vem esta responsabilidade de partilharmos e construirmos com os mais novos um conceito de Natal que aguce a alegria e  cozinhe os sonhos de um mundo sempre melhor.

Este mês a casa veste-se a rigor e pelos corredores nascem obras de arte super valiosas; juntos  montamos a árvore  com uns pompons especialmente feitos à mão por cada uma das crianças.

Abrimos a porta à MAGIA da época, e esta última semana foi especialmente dedicada actividades  natalícias!

Os dias foram cheios! Pelas salas contaram-se histórias de Natal que motivaram a imaginação dos mais novos( ex: o Nacimento de Jesus; a Avó Salvou o Natal), etc.

Na sala dos mais crescidos  contamos com ajuda de umas mãos especiais de uma mãe para cozinhar bolachinhas (estavam uma delícia)!! 
Na quarta-feira aquecemos as vozes e com a professora de música ao piano, cantamos juntos os mais belos clássicos de Natal.
A quinta-feira chegou com a dramatização feita pela nossa equipa pedagógica: caminhamos até Belém e vimos nascer o verdadeiro menino Jesus (concretizamos o pensamento das crianças com uma representação bem animada).
Contamos ainda com os especiais mimos da nossa querida Avó Maria (a alegria da portaria).

Hoje , o dia foi dedicado à nossa festa de natal , o momento mais esperado pelas crianças : a chegada do Pai Natal!!

 E para cumprir a tradição, tal como se fosse noite de Natal, todas as crianças tiraram um sapatinho que deixaram junto à janela, e muito misteriosamente, enquanto assistiram a uma surpresa de Natal (uma histórias para os mais pequeninos e um vídeo para os mais velhos), começamos a ouvir as gargalhadas do Pai Natal,  botas a bater no chão e os sinos do trenó....
O entusiasmo foi geral, “o Pai Natal chegou!!!” Corremos todos apressados para a sala onde deixaram os sapatinhos, mas já ninguém o viu (ele é tão envergonhado!..).  
Havia pegadas por todo lado, a janela estava aberta, o gorro ficou preso na janela, e... em cada sapatinho estava  então um lindo presente (um fabuloso livro , que querido que foi o nosso amigo Pai Natal, muito obrigada pela colaboração)!

Um momento verdadeiramente mágico e único (já repetido no nosso colégio) mas  que certamente fica nas memórias mais bonitas da infância das nossas crianças!

A manhã terminou com um belo almoço, sentemo-nos juntos à mesma mesa,  afinal o Natal passa-se assim: em família (este conceito que tanto procuramos e gostamos de ser).

Da família Eurythmia um Natal cheio de Magia 🎄